fbpx

Cianorte ganha sua primeira faculdade genuinamente cianortense

por: youngstudio / há 6 anos

O Ministério da Educação (MEC) autorizou na última semana, com publicação no Diário Oficial da União (DOU), através do titular da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), a abertura de 4 novos cursos de graduação na FACEC (Faculdade de Administração e Ciências Econômicas de Cianorte), em nossa cidade. 

 

A abertura da nova instituição de nível superior é fruto de um sonho antigo do empresário cianortense Marco Antônio Franzato, que também é proprietário do Colégio CEC, onde a faculdade irá funcionar nos primeiros dois anos. “A medida inicial é usarmos a excelente estrutura do Colégio CEC, enquanto aguardamos a construção do novo campus, que já tem projeto pronto e terreno comprado. Vejo que, em no máximo dois anos, estará concluído. O intuito é ter a empatia da população, deixando claro que a FACEC é de Cianorte, criada para atender a população da nossa região”.

 

Segundo ele, as aulas acontecerão no período noturno e será um braço educacional importante na formação de profissionais para muitas empresas da região.

 

“A proposta da FACEC é ser diferente em termos de ensino. O nosso plano é disponibilizar aos alunos um ambiente de inovação, serviço de formação prática e compromisso com a aprendizagem”, comentou Franzato, garantindo também o alto nível de ensino e atualização do cursos. “Vamos proporcionar o que há de melhor para o ensino-aprendizagem, com corpo docente altamente qualificado e bem remunerado. Metodologia de ensino que abordará, além do conteúdo técnico de cada curso, noções de comunicação, de economia, de empreendedorismo e de sustentabilidade”. 

 

Estrutura de salas e laboratórios para funcionamento já estão montados e impressionaram os avaliadores do MEC. O Coordenador pedagógico, doutorando Marcelo Aparecido Marques, explicou que o projeto está em desenvolvimento há alguns anos. “Todo o projeto foi estudado com muito carinho e cuidado, o que se refletiu na avaliação do MEC. A FACEC vem para mudar um paradigma em termos de formação profissional. Será uma faculdade revolucionária em vários sentidos, pedagógico, estrutural, humano e social. Tenho absoluta certeza, pelo empenho de todos os envolvidos, que a FACEC vai servir de referência e será motivo de orgulho para a região”. 

 

A instituição será mantida através do esforço privado feito pelo próprio empresário. Inicialmente, os cursos ofertados serão o de bacharel em Administração de Empresas, com duração de quatro anos, Ciências Contábeis, também quatros anos, Engenharia Civil, cinco anos, bacharel em Moda, quatro anos.

 

Sobre a escolha dos cursos, Franzato informou que foram selecionados após uma criteriosa pesquisa e análise, visando atender as necessidades regionais e oferecer melhores condições na escolha democrática a partir da ampliação da oferta. 

 

“Como empresário, vejo como um sonho, receber os alunos em uma de minhas empresas, já preparado, com know-how e bagagem adquirida ainda na faculdade. É muito difícil encontrar profissionais prontos na região”, revelou Franzato, que ainda destacou a segurança e comodidade do aluno em ter um ensino de qualidade em Cianorte. “Sem contar o fato de estudar mais próximo de casa e do trabalho. Nós sabemos que as estradas até Maringá ou até Umuarama, por exemplo, não estão boas o que torna essa rotina perigosa”.

 

Para isso, a projeção da FACEC é contar com parceiros e empresários, disponibilizando convênios e descontos à empresas que estimularem seus colaboradores à capacitação. “A ideia é facilitar o acesso do aluno através de parceria corporativa. A empresa ganhará, contando com um colaborador mais maduro e experiente. E o funcionário, também”, finalizou. 

 

As inscrições para o primeiro vestibular da FACEC estarão abertas a partir de Julho. O exame vestibular está previsto para Outubro deste ano.